Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Bolsas chinesas caem. No Japão, fecham em alta

Empresas áreas e de finanças chinesas lideram o declínio, enquanto que no Japão montadoras apontam aclive

Agências internacionais

20 de maio de 2009 | 06h09

 

Os mercados chineses sofreram queda nesta quarta-feira, 20, pondo fim a três dias de ganhos, o que mostra cautela dos investidores perante uma rápida recuperação econômica.

 

O índice de Xangai desceu 25,27 pontos, ou 0,9%, para 2.651,41. Caminhou na mesma direção, o Shenzhen, índice composto chinês: queda de 0,3% - chegando a 897,37. Empresas áreas e de finanças lideram o declínio.

 

O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio ganhou nesta quarta-feira no fechamento 54,35 pontos, ou 0,58%, e situou-se nos 9.344,64. A alta ocorreu depois que uma das corretoras subiu a recomendação da Mitsubishi.

 

As ações da Nissan subiram 4,97% depois que a automotora disse que os pedidos de veículos de baixa emissão no Japão registraram um crescimento de 30% em maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.