Bolsas da América Latina voltam a receber investimento, diz consultoria

Os fluxos de investimentos para os fundos de ações latino-americanos se tornaram positivos pela primeira vez desde abril passado entre os dias 15 e 23 deste mês, informou a consultoria EmergingPortfolio.com Fund Research. Esses fundos, com ativos de US$ 1,42 bilhão, cresceram US$ 750 mil neste período.A consultoria observou que, diante do modesto aumento do volume de capitais nesses portifólios, será necessário aguardar as próximas semanas para se verificar se houve uma mudança sustentável no comportamentos dos investidores. No mesmo período, os fluxos para os fundos acionários globais e de mercados emergentes em geral se tornaram negativos. ?Parte deste dinheiro deve ter sido redirecionado para os fundos de bônus dos mercados emergentes, que registraram a sua melhor semana de influxos neste ano?, disse a empresa.Os 147 fundos de bônus dos emergentes monitorados pela consultoria ? e que controlam ativos de US$ 7,2 bilhões - registraram fluxos positivos de US$ 74,3 milhões entre os dias 15 e 23 de outubro. Desde o início deste ano, os fundos acumulam um saldo positivo de US$ 339,3 milhões, um crescimento de quase 7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.