Bolsas da Ásia fecham em alta

O forte crescimento do PIB divulgado pelos EUA na semana passada continuou sustentando o mercado de ações em Hong Kong, e o índice Hang Seng fechou em alta de 1,61%, ou 196,71 pontos, em 12.386,81 pontos, o maior nível de fechamento desde 3 de agosto de 2001. As ações de bancos e do setor de telecomunicações lideraram os ganhos, com os papéis do HSBC fechando em alta de 1,7%, e os da China Mobile com ganho de 3,6%. O índice Kospi, da bolsa da Coréia do Sul, fechou em alta de 1,23%, ou 9,60 pontos, em 791,96 pontos, o nível mais alto em 16 meses. "A compra de futuros por parte de estrangeiros provocou compras programadas nos mercados acionários", comentou um analista da LG Investment & Securities. Em Taiwan, o índice Weighted fechou com ganho de 0,70%, ou 42,33 pontos, em 6.087,45 pontos, liderado por ações da indústria tradicional após companhias desse setor terem divulgado balanços positivos referentes aos primeiros nove meses deste ano. As ações da Na Ya Plastic avançaram quase 4%, após uma das maiores fabricantes de produtos plásticos do mundo ter informado que seu lucro cresceu 5,2% nos primeiros nove meses deste ano, em comparação com igual período do ano passado. Em Jacarta, na Indonésia, o índice JSX Composto fechou em queda de 1,32%, ou 8,28 pontos, em 617,26 pontos. O índice Composite, da bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, fechou em baixa de 0,49%, ou 4,03 pontos, em 813,09 pontos. Em Manila, nas Filipinas, o índice PSE teve ganho de 0,89%, ou 12,52 pontos, em 1.411,59 pontos. Na Cingapura, o Strait Times avançou 2,15%, ou 37,10 pontos, para 1.760,81 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.