finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas da Ásia fecham em baixa com realização de lucros

O petróleo subiu mais de um dólar e a maioria das bolsas de valores asiáticas fecharam em baixa nesta segunda-feira, com tensões cada vez maiores na Líbia e em outros países produtores de petróleo encorajando uma leve realização de lucros após os fortes ganhos da última semana.

SAIKAT CHATTERJEE, REUTERS

21 de fevereiro de 2011 | 08h01

A continuação da alta do petróleo pode fazer a pressão de vendas se intensificar nos mercados regionais, que apenas recentemente começaram a se recuperar dos declínios sofridos nas primeiras semanas de 2011.

O índice MSCI da região Ásia-Pacífico exceto o Japão caía 0,39 por cento após registrar o melhor desempenho semanal em dois meses. O subíndice de energia subia 0,65 por cento.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei fechou em leve alta de 0,1 por cento.

A última medida de aperto monetário da China, na forma de um depósito compulsório maior para os bancos, fez as ações de XANGAI e HONG KONG caírem no início do pregão, mas o mercado de Xangai reverteu as perdas, subindo cerca de 1,1 por cento.

Os fundos de ações da Ásia, exceto o Japão, viram a maior saída de capital semanal em três anos na segunda semana de fevereiro, enquanto os fundos do Japão viram os maiores ingressos de capital em mais de quatro anos, mostraram dados do EPFR Global.

Além disso, preocupações de que o rali nas ações dos Estados Unidos possa estar acabando também pesavam sobre a confiança do mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.