Bolsas da Ásia fecham melhor semana em 3 anos

As bolsas de valores asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira, encerrando a melhor semana em quase três anos, depois que o muito aguardado plano anticrise europeu gerou grande alívio e apetite por risco.

RICHARD PULLIN, REUTERS

28 de outubro de 2011 | 08h11

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,31 por cento e acumula alta de quase 10 por cento só nesta semana.

Analistas advertiram que ainda há um longo caminho para encontrar uma solução duradoura para os problemas econômicos da Europa, mas as medidas iniciais acertadas pelos líderes da zona do euro reforçaram a confiança crescente de que eles estão preparados para combater a crise seriamente.

O foco do mercado mudará para a reunião do G20 na semana que vem, em Cannes, sul da França. No entanto, por ora, os investidores comemoraram o progresso na Europa e deixaram de lado a falta de detalhe sobre a ajuda à Grécia.

O apetite por risco foi incentivado ainda mais pela divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre. A economia dos EUA cresceu no maior ritmo em um ano.

No noticiário corporativo, a Samsung ultrapassou a Apple como maior fabricante de smartphones do mundo, com mais de 40 por cento de crescimento dos embarques e previsão de fortes vendas no quarto trimestre mandando suas ações 1,8 por cento para cima.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 1,39 por cento, embora o iene tenha alcançado novos recordes contra o dólar pelo terceiro dia seguido.

O índice de Seul encerrou em alta de 0,39 por cento. O mercado ganhou 1,68 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan avançou 0,67 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai subiu 1,55 por cento. Cingapura avançou 2,04 por cento e Sydney fechou com valorização de 0,12 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.