Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bolsas da Ásia recuam após Fed cortar projeção de PIB dos EUA

As bolsas de valores da Ásia terminaram em queda nesta quinta-feira, após notícias de que o Federal Reserve reduziu suas estimativas sobre o crescimento econômico dos Estados Unidos nos próximos três anos.

CHARLOTTE COO, REUTERS

21 de maio de 2009 | 08h05

O índice Nikkei, de TÓQUIO, recuou 0,9 por cento, conforme a firmeza do iene pressionou exportadores, incluindo a Honda Motor. As ações do setor de tecnologia registraram perdas após a maior fabricante mundial de computadores, a Hewlett-Packard, diminuir sua projeção para 2009.

O dólar atingiu o menor patamar em seis meses frente à libra e o nível mais baixo em quase cinco meses ante uma cesta com as principais moedas.

Na nova previsão trimestral, o Fed projeta que a economia norte-americana vai se contrair entre 1,3 e 2 por cento neste ano, com a taxa de desemprego em alta de 9,2 a 9,6 por cento.

"Contanto que os mercados acionários dos EUA não tenham queda acentuada, a tendência no mercado cambial é ver a recuperação econômica continuando", disse Alan Ruskin, estrategista do Royal Bank of Scotland, em uma nota a clientes.

Às 7h54 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne as principais bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão perdia 1,12 por cento depois de alcançar a máxima em mais de sete meses na terça-feira.

As ações em XANGAI recuaram 1,54 por cento, com as blue chips em desvalorização diante de novas preocupações sobre a força da recuperação econômica na China. Já HONG KONG retrocedeu 1,58 por cento, enquanto CINGAPURA mergulhou 2,57 por cento, SYDNEY teve declínio de 0,28 por cento e SEUL de 0,98 por cento.

Na contramão, TAIWAN ganhou 0,23 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.