Bolsas da Ásia se recuperam à espera de decisão do Fed

As bolsas de valores da Ásia terminaram em alta nesta quarta-feira, em recuperação frente à mínima em um mês atingida na sessão passada, enquanto o dólar também registrou valorização.

ERIC BURROUGHS, REUTERS

24 de junho de 2009 | 08h44

A bolsa de TAIWAN liderou os ganhos na Ásia, saltando 2,95 por cento em meio à especulação de que o país assinará um acordo com a China que pode estimular o setor financeiro.

Às 8h38 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne as principais ações da região Ásia-Pacífico ganhava 2,03 por cento, após ter alcançado a mínima em um mês na sessão passada.

Papéis dos segmentos financeiro e de tecnologia conduziram o avanço dos mercados acionários asiáticos.

Contudo, o avanço das ações no continente foi limitado à espera do resultado da reunião do Federal Reserve. É amplamente esperado que o órgão mantenha a taxa de juro em um nível de baixa recorde e prossiga com as compras planejadas de dívidas.

"O resultado ideal é que não haja mudança na política e que o Fed apenas diga que pode pensar novamente sobre a taxa de juro no final do ano, depois que a economia melhorar", afirmou Tomomi Yamashita, gerente de fundos da Shinkin Asset Management.

Participantes do mercado também estão de olho no resultado de uma operação especial de financiamento que o Banco Central Europeu (BCE) está oferecendo aos bancos, buscando por indícios de força financeira na zona do euro caso a demanda seja relativamente grande.

O índice Nikkei, de TÓQUIO, subiu 0,4 por cento, motivado por um avanço nas ações do setor de energia devido à firmeza dos preços do petróleo.

O mercado ignorou dados que mostraram que as exportações no Japão despencaram 40,9 por cento em maio na comparação anual, enfatizando que qualquer recuperação no comércio global serã muito lenta.

"Uma vez que o Nikkei ficou perto do nível de 9.500 (pontos), isso ajudou a criar um bom humor para os investidores tentarem alguma caça a barganhas", disse Mitsushige Akino, gerente de fundos do Ichiyoshi Investment Management.

A bolsa de SYDNEY subiu 0,27 por cento, enquanto CINGAPURA ganhou 2,37 por cento e XANGAI 1,02 por cento.

As ações em SEUL saltaram 0,24 por cento e em HONG KONG avançaram 2,02 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.