Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bolsas da Ásia sobem com cautela antes de cúpula da UE

A maioria das bolsas de valores asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira, mas os ganhos foram limitados, com investidores aguardando a reunião de líderes europeus no fim de semana e esperando ver sinais de progresso na resolução da crise de dívida.

REUTERS

21 de outubro de 2011 | 07h38

A pressão continuou sobre o mercado, dada a crescente incerteza sobre se a crise poderá ser resolvida, com a possibilidade de amplas oscilações nos preços e redução de liquidez adiante.

Líderes europeus disseram não esperar que a reunião de domingo dê uma solução definitiva para os problemas de dívida da zona do euro e ainda há forte divergência entre eles sobre como fortalecer o fundo de resgate do bloco.

França e Alemanha disseram em comunicado conjunto na quinta-feira que os líderes discutirão em detalhe uma solução abrangente durante a cúpula, mas que nenhuma decisão será adotada antes de uma segunda reunião, que será feita no máximo até quarta-feira.

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,36 por cento.

Em Tóquio, o índice Nikkei ficou quase estável, em leve queda de 0,04 por cento.

O índice de Seul encerrou em alta de 1,84 por cento. O mercado ganhou 0,24 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan avançou 0,14 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai perdeu 0,60 por cento. Cingapura subiu 0,68 por cento e Sydney fechou com ligeira desvalorização, de 0,07 por cento.

(Por Chikako Mogi)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.