Bolsas da Ásia sobem por esperanças com Europa

Os mercados de ações da Ásia fecharam em alta nesta segunda-feira, por esperanças de que a Europa defina passos concretos nesta semana para ativar um fundo de resgate da zona do euro que é crucial para aliviar estresses de financiamento nas economias problemáticas da região.

CHIKAKO MOGI, REUTERS

28 de novembro de 2011 | 07h44

O índice MSCI das ações Ásia-Pacífico, com exceção do Japão, subia mais de 2 por cento às xhx, após recuar para seu menor nível desde o início de outubro na sexta-feira, marcando a quarta semana consecutiva de declínios.

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio também avançou 2 por cento, após atingir na sexta-feira seu menor nível em dois anos e meio.

"O mercado está ficando um pouco impaciente com os europeus, fracamente, e investidores estão começando a ver valor aqui", disse o consultor sênior da Austock Michael Heffernan, na Austrália.

Operadores disseram que o sentimento foi impulsionado no início das operações asiáticas por uma notícia do jornal italiano La Stampa sugerindo que o Fundo Monetário Internacional (FMI) estaria preparando um plano de resgate no valor de até 600 bilhões de euros para a Itália, mais do que o fundo pode atualmente oferecer.

A informação, contudo, foi negada por um porta-voz do FMI.

O índice da bolsa de Seul subiu 2,19 por cento. A bolsa de Taiwan avançou 1,68 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai teve valorização de 0,12 por cento. Cingapura teve ganho de 1,91 por cento por cento e Sydney fechou com apreciação de 1,85 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.