finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas da Europa fecham em alta com impulso de dados dos EUA

As principais bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira, após dados melhores do que o esperado do setor manufatureiro e das vendas pendentes de casas nos Estados Unidos, com ações de companhias de commodities e papéis de bancos liderando os ganhos.

REUTERS

02 de novembro de 2009 | 15h56

O FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, terminou com elevação de 0,39 por cento, a 980,28 pontos

"Foi uma virada impressionante. O ISM foi um dado muito bom. Os números econômicos estão superando as expectativas. O dia de hoje é uma reação eufórica ao fluxo de notícias favoráveis", disse Mike Lenhoff, estrategista na Brewin Dolphin.

Os mercados melhoraram após dados mostrarem que a atividade manufatureira norte-americana cresceu em outubro pelo terceiro mês consecutivo e as vendas pendentes de imóveis aumentaram inesperadamente em setembro.

As ações de empresas de energia valorizaram-se, alinhadas a alta superior a 1 por cento nos preços do petróleo. BG Group, BP e Total apreciaram-se de 1,3 a 2,2 por cento.

Os papéis do setor de mineração também se destacaram, em meio à alta dos metais. Anglo American, Antofagasta, BHP Billiton, Eurasian Natural Resources Corporation, Rio Tinto e Xstrata avançaram de 2,5 a 4,9 por cento.

O setor bancário recuperou-se e também figurou entre os melhores desempenhos. HSBC, BNP Paribas e UniCredit ganharam de 1.5 a 3.3 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,19 por cento, a 5.104 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,29 por cento, para 5.430 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,88 por cento, para 3.639 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib aumentou 1,08 por cento, para 22.298 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 valorizou-se 0,45 por cento, para 11.465 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 exibiu acréscimo de 0,47 por cento, para 8.380 pontos.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.