Bolsas da Europa fecham em alta; mineradoras compensam bancos

Os mercados de ações europeus fecharam em alta nesta segunda-feira, com os ganhos das mineradoras minimizando perdas do setor bancário. Enquanto isso, a Vodafone subiu em meio a notícias de conversas da companhia com sua parceira norte-americana Verizon, para pagamento de dividendos.

REUTERS

29 de março de 2010 | 13h16

O principal índice acionário regional, o FTSEurofirst 300, fechou com alta de 0,16%, a 1,079 pontos.

"Nós estamos chegando ao ponto em que as pessoas começam a dizer que tivemos ganhos fantásticos e, talvez, tenhamos ido muito longe rápido demais e poderíamos ver alguma consolidação," disse Joshua Raymond, estrategista de mercado do City Index.

As mineradoras subiam seguindo a alta dos preços dos metais. Anglo American, Kazakhmys, BHP Billiton, Xstrata e Rio Tinto subiram entre 1,2% e 3,3%.

Vodafone cresceu 3% após o jornal Sunday Telegraph afirmar numa reportagem que a empresa está mantendo conversas com sua sócia norte-americana Verizon Communication sobre o pagamento de dividendos. Um porta-voz da Vodafone evitou comentar o assunto.

Os bancos fecharam no vermelho. Barclays, HSBC, Credit Agricole, Commerzbank e Deutsche Bank caíram entre 0,03% e 2%.

O Allied Irish Banks e o Bank of Ireland desabaram 19,6% e 10,5%, respectivamente, enquanto o governo irlandês prepara-se para assumir o controle de uma fatia do setor financeiro muito maior do que o inicialmente previsto.

Em Wall Street, o Citigroup caía 3%, após o Tesouro dos Estados Unidos informar que planeja vender durante este ano todas as 7,7 bilhões de ações do banco que possui.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.