Bolsas da Europa recuam com incerteza

A incerteza na Europa pesou sobre os mercados financeiros ontem. Enquanto os custos de empréstimos de Espanha e Itália subiam acentuadamente, perto de ou em níveis considerados insustentáveis, a Grécia voltou ao centro das atenções depois de a revista alemã Der Spiegel ter informado que o Fundo Monetário Internacional (FMI) cogitava a possibilidade de não participar da próxima tranche de resgate ao país. Assim, os principais índices de ações da Europa registraram queda acentuada. Em Frankfurt, a bolsa caiu 3,2%, em Paris, 2,9%, e em Londres, 2,1%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.