Bolsas da Europa têm 2a semana de alta com rali em tecnologia

O principal índice das bolsas européiasfechou em alta nesta sexta-feira, encerrando a semana emterritório positivo, com o avanço das ações de tecnologia apóso lucro acima do esperado da Ericsson e com a estabilização dosetor bancário. O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,14 por cento, para 1.330pontos. O índice caminha para o melhor desempenho mensal desdeoutubro de 2003, com ganho de 5,4 por cento.As ações da Ericsson chegaram a subir 27 por cento durante asessão, após a fabricante de equipamentos de redes móveisdivulgar resultado surpreendentemente forte para o primeirotrimestre. Alem do setor de tecnologia, o financeiro esteve entre osmelhores desempenhos, avançando após duas semanas de resultadoscorporativos não tão ruins quanto o esperado pelo mercado. Ediversos bancos tomaram medidas para ancorar seus balanços,dando ao investidor a confiança de que talvez o pior da crisefinanceira já tenha passado. No entanto, dados econômicos apontando para direçõesdiferentes deixaram analistas céticos com as chances de que aalta dos mercados possa ser sustentável. Nesta semana, na zona do euro, o sentimento empresarialalemão caiu para o menor nível desde janeiro de 2006, enquantodados da atividade manufatureira da zona do euro vieram fracoso suficiente para elevar as expectativas de cortes no jurosregionais. "Os dados econômicos da Europa estão começando a sedeteriorar... ainda que, ao mesmo tempo, parte do mercadoesteja produzindo resultados e projeções razoáveis", disseAndrea Williams, diretora de ações européias da Royal LondonAsset Management. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,67por cento, a 6.091 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 1,1 por cento, para6.896 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,99 por cento, para 4.978pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 1,12 porcento, a 25.729 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou ganho de 0,76 porcento, para 13.772 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 0,8 porcento, para 11.085 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.