Bolsas da Europa têm menor nível em 3 semanas por Grécia

O principal índice europeu de ações atingiu o menor nível em 3 semanas nesta quinta-feira, pressionado por ações de bancos em meio à persistente preocupação com a dívida da Grécia. A Nokia também afetou o humor dos mercados depois que cortou previsão de lucro, o que fez suas ações desabarem mais de 14 por cento.

REUTERS

22 de abril de 2010 | 14h27

O ânimo dos investidores foi abatido após a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia, informar que o governo grego teve um déficit fiscal ainda pior do que o informado inicialmente, notícia seguida pelo anúncio de que a Moody's cortou o rating soberano do país.

O índice europeu de ações FTSEurofirst 300 teve baixa de 1 por cento, aos 1.085 pontos. O setor bancário estendeu as perdas da véspera e os bancos gregos recuaram 5,4 por cento, enquanto outros europeus, como Santander, BBVA, HSBC, BNP Paribas e Société Générale caíram entre 0,7 e 3 por cento.

"Hoje é a história grega. O mercado parece estar precificando um default ou reestruturação da dívida", disse Mike Lenhoff, estrategista-chefe da Brewin Dolphin. "O downgrade da Moody's é outra parte da saga. Toda vez que aparece um anúncio indicando que uma solução está próxima, parece surgir outra fase para ser resolvida."

O Credit Suisse caiu 4,7 por cento após os resultados do banco no primeiro trimestre terem vindo menos vistosos do que os de demais bancos norte-americanos no período, o que desapontou os investidores.

A Nokia desabou mais de 14 por cento depois da companhia ter cortado suas previsões de lucros e adiado o lançamento de telefones para competir com o iPhone e o Blackberry.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou com queda de 1,02 por cento, a 5.665 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,99 por cento, para 6.168 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve baixa de 1,33 por cento, para 3.924 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em baixa de 1,86 por cento, a 22.616 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 2,19 por cento, para 11.821 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 caiu 2,6 por cento, para 7.751 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.