finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas de valores européias têm queda por mercado global

As bolsas de valores européias caíramnesta quinta-feira, sofrendo a maior queda em um só dia em maisde quatro meses após a piora no ambiente de aquisições deempresas e preocupações com o mercado imobiliárionorte-americano terem aumentado a aversão ao risco. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais açõesdas empresas européias, fechou em queda de 2,6 por cento a1.530 pontos, o menor patamar desde 2 de abril e em queda peloterceiro dia seguido. O FTSEurofirst 300 perdeu 6,4 por cento desde que atingiu amaior alta em seis anos e meio, a 1.635 pontos, em 13 de julho,mas ainda tem uma alta de 3 por cento no acumulado do ano. Osvolumes do índice foram até seu maior patamar em um mês "O que se está vendo agora é um ponto de inflexão no qualos mercados de crédito começaram a ser notados", disse MaxKing, da Investec Asset Management. Os bancos estavam entre as maiores queda no índice, com oRoyal Bank of Scotland, o Credit Suisse e o UBS caindo entre3,0 e 3,4 por cento. Influenciando os mercados europeus, os índices das bolsasde valores norte-americanas caíam por sinais de maisdeterioração do mercado imobiliário, maiores preços do petróleoe preocupações com crédito. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de3,15 por cento, a 6.251 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,39 por cento, para 7.508pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 2,78 por cento, para 5.675pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 2,01 porcento, a 31.235 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 2,66 porcento, para 14.540 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 registrou desvalorização de 1,64por cento, para 13.291 pontos.

REUTERS

26 de julho de 2007 | 13h54

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSBOLSAEUROPA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.