Bolsas em Nova York abrem em queda em dia de oscilações

Às 13h15, o Dow Jones caía 0,53% e a Nasdaq recuava 0,67%

Agências internacionais,

28 de janeiro de 2008 | 13h18

As bolsas norte-americanas abriram com volatilidade nesta segunda-feira, 28, dia de incerteza quanto ao tamanho do corte que o banco central dos Estado Unidos (Federal Reserve) promoverá no juro em reunião nesta semana. Às 13h15, o Dow Jones caía 0,53% e a Nasdaq recuava 0,67%.  As apostas de que a autoridade monetária dos EUA reduziria a taxa dos juros norte-americanos em 0,50 ponto porcentual chegaram a ser de 100% na semana passada, mas perderam peso depois que se começou a discutir se o corte emergencial de 0,75 ponto porcentual da terça-feira passada tem ou não relação com a fraude bilionária no Société Générale. Na abertura do pregão regular em Chicago, os contratos futuros de Fed Funds embutiam 76% de chance de corte de 0,50 ponto porcentual no juro na próxima reunião do Fed.  Além das incertezas com o que virá do Fed, os investidores também digerem balanços corporativos pouco animadores, como o do McDonald's, e aguardam uma semana cheia de indicadores econômicos nos EUA. Hoje, às 13h (de Brasília), serão divulgadas as vendas de imóveis em janeiro. Na quarta (às 11h30), será anunciado o PIB preliminar de quarto trimestre nos EUA, na quinta (às 11h30) será a vez dos dados de consumo pessoal (PCE) de dezembro e na sexta (às 11h30) saem os dados de trabalho (payroll) de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Mercado financeiroCrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.