Bolsas em Nova York fecham em alta

As bolsas de Nova York fecharam em alta após os preços do petróleo terem recuado de um recorde de US$ 135 o barril. Na contramão do mercado, porém, a Ford apresentou novos sinais da ameaça que a alta das commodities representa para os lucros corporativos e os gastos dos consumidores.O índice Dow Jones avançou 0,19%, ou 24,43 pontos, fechando aos 12.625,62 pontos. O Nasdaq Composto ganhou 0,67%, ou 16,31 pontos, para 2.464,58 pontos. O Standard & Poor''s 500 registrou elevação de 0,26%, ou 3,64 pontos, em 1.394,35 pontos.As ações da Ford despencaram 8,2%, ou US$ 0,64, para US$ 7,16, depois de a montadora anunciar novos cortes de produção e dizer que não atingirá a meta de voltar a exibir lucro anual em 2009. A companhia apontou o enfraquecimento da demanda e a elevação dos preços das commodities.O comunicado da montadora chegou um dia depois de a AMR, controladora da American Airlines, anunciar que reduzirá a capacidade e cobrará pelo embarque de bagagens, em resposta aos custos dos combustíveis. Nesta quinta-feira, ante a queda da cotação do petróleo, as ações da AMR recuperaram parte das perdas de ontem e fecharam com alta de 5,5%, a US$ 6,56.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.