Bolsas européias abrem com fortes altas pelo segundo dia

Índice de Londres ganhava 2,65%, Frankfurt 3,1% e Paris 2,15%; otimismo com socorro global continua

Agências internacionais,

14 Outubro 2008 | 05h02

 As principais bolsas européias começaram as operações desta terça-feira, 14, com fortes altas, seguindo a tendência da segunda-feira graças as medidas anunciadas pelos governos para frear a crise financeira. Veja também:Euforia com socorro global faz mercado asiático fechar em altaAustrália e Japão anunciam novas medidas para conter criseBush fará novo pronunciamento sobre economia nesta terça Como o mundo reage à crise  Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a criseEntenda a disparada do dólar e seus efeitosEspecialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira    Em Londres, o índice Footsie 100 ganhava 2,65%. No mercado de valores de Milão, o indicador S&P/Mib subia 3,91% para se situar em 23.527 pontos. O índice geral Mibtel também seguia essa tendência e ganhava 3,74% para se situar em 17.765 pontos. A Bolsa de Frankfurt operava em alta de 3,1%, até 5.219 unidades. Em Paris, o CAC-40 se valorizou 2,15% até os 3.607,44 pontos, após o recorde histórico da jornada de segunda, quando ganhou 11,18%.  No início das operações, a Bolsa de Valores suíça abriu em alta pelo segundo dia consecutivo. O índice geral SMI (Swiss Market Index) ganhou 190,47 pontos (3,20%) para marcar 6.146,79 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.