finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas européias abrem em baixa após perdas na Ásia

Mercado continua nervoso após quedas em ações de bancos europeus.

Marcelo Crescenti, BBC

15 de agosto de 2007 | 07h39

A queda das ações dos maiores bancos europeus e perdas nas bolsas asiáticas fizeram com que as principais bolsas de valores da Europa abrissem em baixa na manhã desta quarta-feira.As perdas das ações de bancos como Credit Suisse, BNP Paribas, Deutsche Bank e Royal Bank of Scotland prejudicaram as cotações em Londres, Paris e em Frankfurt.Além disso, a queda das bolsas asiáticas também contribuiu para o fraco desempenho nos mercados europeus.Às 10h25 de Londres (6h25 de Brasília) o índice Dax da bolsa de Frankfurt estava em baixa de 0,7%. Paris registrava queda de 1,2% e Londres de 0,9%.Na Ásia o índice Nikkei da bolsa de Tóquio fechou em baixa de 2,2%. Hong Kong também registrou perdas de 2,9%.O nervosismo causado pela crise no mercado de crédito imobiliário de risco nos Estados Unidos aumentou depois que mais um banco americano pediu falência.O banco imobiliário Aegis Mortgage admitiu na terça-feira que não está em condições de pagar suas dívidas.Apesar das turbulências o diretor do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, disse que "a situação está se normalizando".Nos últimos dias o BCE injetou mais de 200 bilhões de euros (450 bilhões de reais) no mercado para garantir a sua liquidez.No entanto, o nervosismo deverá continuar nos próximos dias, dizem analistas."Os bancos continuam cautelosos e não emprestam dinheiro a outros bancos, o que afeta a liquidez do mercado", disse o analista Mario Mattera do banco alemão Metzler.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadosfinanceiroseuropeuásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.