Bolsas européias em queda com notícia sobre Orange

As Bolsas européias operam em território negativo esta manhã, com o setor de telecomunicações em destaque, diante da decisão da France Telecom de reduzir em cerca de 18% o preço da oferta pública inicial (IPO) das ações da Orange, sua unidade de telecomunicação celular. O desapontamento dos investidores com o resultado anunciado ontem pela norte-americana Cisco também pressionava os mercados. Às 8h58, o índice FT-100, de Londres, caía 1%; o índice CAC-40, de Paris, recuava 1,17%; e o índice Xetra-Dax, perdia 0,97%. As ações da France Telecom caíram mais de 5% no começo do pregão em Paris. Em Londres, os papéis da British Telecom recuaram 4,7%. A companhia de telecomunicações britânica tem planos de lançar ações de sua unidade de telefonia móvel este ano. Na Bolsa de Frankfurt, as ações da Deutsche Telekom, que também necessita captar recursos por meio de IPO de sua unidade de celular para fazer frente aos custos com aquisição de licenças para serviço de terceira geração, desvalorizaram 2,2%. As ações da KPN Telecom caíram 5% na Bolsa de Amsterdã e as da Telecom Italia recuaram 2% em Milão. Na Bolsa de Madri, os papéis da Telefónica caíram 2,4% e os da Telefónica Moviles operaram com desvalorização de 1,9%. Fora do setor de telecomunicações, as ações da DaimlerChrysler subiram 0,36% com o anúncio de seu resultado. A companhia registrou alta de 37% em seu lucro líquido no ano, mas o lucro operacional caiu 11% por causa de pesadas perdas nas operações da divisão Chrysler norte-americana. As informações são da Dow Jones e agências internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.