Bolsas européias fecham em alta, com destaque para Barclays

O principal índice de ações européiasfechou em alta nesta segunda-feira e se aproximou do maiorpatamar em quatro semanas após comentários de executivos doBarclays e do Deutsche Bank, que tranquilizaram investidoressobre a exposição dos bancos às turbulências do mercado decrédito de alto risco dos Estados Unidos. Os ganhos, porém, foram limitados em meio à queda das açõesda Gaz de France e Suez, cujos conselhos aprovaram os termosrevisados de uma fusão e encerraram a especulação sobre o queocorreria caso o acordo fracassasse. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst300, que reúne as principais ações das empresas européias,avançou 0,23 por cento, para 1.538 pontos, na quarta altaconsecutiva. O índice acumula alta de 3,7 por cento no ano. Os mercados norte-americanos não operam nesta segunda-feirapor causa do feriado do Dia do Trabalho. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,19por cento, a 6.315 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,14 por cento, para7.648 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,2 por cento, para 5.651pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,34 porcento, a 31.388 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,46por cento, para 14.546 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve ganho de 0,69 por cento,para 12.799 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.