Bolsas europeias fecham em alta puxadas por bancos

Mineradoras também contribuíram para o desempenho positivo; Londres sobe 0,82%, e Paris, 0,32%

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

23 de dezembro de 2009 | 15h59

Os principais índices do mercado de ações da Europa fecharam em alta, puxados pelos papéis de bancos e mineradoras. O índice pan-europeu Dow Jones Stoxx 600 ganhou 0,3%, para 251,90 pontos - maior nível de fechamento desde outubro de 2008 -, após tocar a máxima intraday de 252,95 pontos. Do início do ano até agora, o índice registra alta de 27%.

 

Em Londres, o índice FT-100 subiu 43,72 pontos (0,82%) e fechou a 5.372,38 pontos; em Paris, o índice CAC-40 avançou 12,37 pontos (0,32%) e fechou a 3.910,75 pontos; em Frankfurt, o índice Dax-30 ganhou 11,75 pontos (0,20%) e fechou a 5.957,44 pontos; em Madri, o índice Ibex-35 fechou em alta de 76,70 pontos (0,65%), a 11.967,50 pontos.

 

Os setores financeiro e de mineração, vistos como os que possuem mais potencial de receber benefícios ligados à recuperação da economia, tiveram um desempenho acima da média do mercado neste ano, subindo respectivamente 46% e 95%. Nesta quarta-feira, as ações da mineradora Rio Tinto subiram 2,5% e as do banco suíço Julius Baer avançaram 2%.

 

Os papéis do Allied Irish Banks foram uma das exceções do setor financeiro e recuaram 9,8% em Dublin. O presidente do conselho, Dan O'Connor, reiterou que o banco precisará levantar capital no ano que vem, mas disse que o volume necessário de recursos ainda é incerto.

 

A perspectiva de recuperação econômica é abastecida tanto por leituras positivas em indicadores divulgados recentemente quanto pela manutenção de políticas monetárias frouxas pelos bancos centrais ao redor do mundo. Mais cedo, o Banco da Inglaterra (BoE) afirmou em sua ata da reunião de dezembro que a opção dos membros do conselho pela continuidade das taxas de juro baixas foi unânime.

 

"O BoE está claramente mantendo todas as opções abertas para proteger o processo de recuperação econômica", disse Philip Gillett, operador do IG Index.

 

No setor automobilístico, as ações preferenciais da Volkswagen ganharam 2,8% em seu dia de estreia no índice Dax, enquanto as ações ordinárias da montadora subiram 2,4%. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.