Bolsas européias fecham em baixa por temor econômico com EUA

As bolsas de valores européias fecharamem baixa nesta quinta-feira, caindo pela sexta vez em setesessões, já que dados da indústria norte-americana aumentaramos temores de recessão no país, enquanto um grande prejuízotrimestral do Merrill Lynch estimulou preocupações com o setorfinanceiro. No entanto, comentários suaves do chairman do FederalReserve, Ben Bernanke, bem como uma queda do número de pedidosde auxílio-desemprenho nos Estados Unidos ajudaram a conter asperdas. O índice pan-europeu de blue chips FTSEurofirst 300 caiu0,7 por cento, a 1.373 pontos. O indicador já recuou 8,8 porcento desde o início de 2008, afetado por temores de que aeconomia dos EUA entre em recessão. "Estamos em um momento no qual o mercado está muito focadoem todos os dados negativos e realmente não está prestandoatenção nos pontos positivos", disse Kate Warne, estrategistado Edward Jones, em St. Louis. "Vamos continuar a verpreocupações com a saúde da economia dos EUA, mas pode nãoestar em forma tão ruim quanto alguns pensam." As ações de mineradoras estiveram entre os maiores recuos,com as da Anglo American em baixa de 4,4 por cento e as da BHPBilliton com perda de 3,6 por cento. Entre as altas, os papéis da Scottish & Newcastle ganharam5,6 por cento apóa a cervejaria rival Carlsberg e a parceiraHeineken elevarem a proposta de aquisição pela S&N. A S&N, queantes se recusava a discutir a aproximação do consórcio, entrouem negociações com as duas empresas. Em Londres, o índice Financial Times perdeu 0,68 por cento,a 5.902 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX retrocedeu 0,78 por cento, para7.413 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 caiu 1,31 por cento, para 5.157pontos. Em Milão, o índice Mibtel encerrou em baixa de 0,88 porcento, a 27.221 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,3por cento, para 13.775 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve oscilaçao negativa de 0,08,para 11.517 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.