Bolsas européias fecham em queda

A bolsa de Londres fechou em queda de 0,94%. Os preços elevados do petróleo assustaram os investidores e algumas notícias corporativas ruins contribuíram para piorar o humor. As ações de empresas de mídia caíram depois da divulgação do balanço trimestral da British Sky Broadcasting PLC, a maior operadora de televisão paga do Reino Unido. Os papéis do grupo fecharam em baixa de 4,97%. British Airways caiu 3,98%, prejudicada pelo alto preço do petróleo.A bolsa de Paris fechou em queda de 1,17%, pressionada pelos declínios dos índices acionários de Nova York, pelos altos preços do petróleo e pela situação tensa no Iraque. As ações da Cap Gemini registraram a maior queda, de 4,35%. Os papéis da fabricante de equipamentos eletrônicos para defesa Thales recuaram 3,35%, depois de terem subido ontem, quando a empresa atualizou estimativas de resultados para o ano.A bolsa de Madri fechou em queda de 1,01%, pressionada pelos altos preços do petróleo e pelo aumento do déficit comercial dos EUA em março. As ações da Repsol fecharam em baixa de 1,12%. A companhia petrolífera hispano-argentina informou que seu lucro líquido caiu 23% no primeiro trimestre deste ano em comparação com igual período do ano passado, para 520 milhões de euros.A bolsa de Lisboa fechou em queda de 0,57%, ou 42,32 pontos, em 7.323,05 pontos. As ações do Banco Comercial Português fecharam estáveis, enquanto as da Electricidade de Portugal caíram 0,87% e as da Portugal Telecom recuaram 1,62%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.