coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Bolsas europeias fecham em queda por bancos e commodities

O índice FTEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou com queda de 1,3 %, a 785 pontos

REUTERS

16 de fevereiro de 2009 | 14h18

As bolsas de valores da Europa encerraram o pregão desta segunda-feira,16, em queda, diante das persistentes preocupações sobre perdas em bancos, que atingiram as ações do setor financeiro, enquanto os papéis ligados às commodities acompanharam os preços mais fracos do petróleo e dos metais.   Veja também:   Bolsas asiáticas fecham em quedaDe olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise O índice FTEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou com queda de 1,3 %, a 785 pontos, de acordo com dados preliminares. Os mercados nos Estados Unidos estão fechados devido a um feriado local. Os bancos foram os que mais pesaram sobre o índice. O Royal Bank of Scotland caiu 6,4  %, Deutsche Bank perdeu 6,5 %, Commerzbank se desvalorizou em 7,1 % e o UniCredit caiu 8,4  %. O Lloyds terminou em queda de 8,1 por cento, após ter despencado cerca de 20 por cento no começo da sessão. Na sexta-feira, as ações do banco britânico perderam mais de 30 por cento com alerta de lucro que reascendeu temores de que poderá ser necessário mais fundos estatais ou nacionalizações diante do aprofundamento de problemas do HBOS, adquirido pelo Lloyds no mês passado. "Não há visão clara se já atingimos o patamar mais baixo", disse Luc Van Hecka, economista-chefe do KBC Securities. "Há claramente uma ameaça de que os bancos estarão sob pressão para liquidar parte de ativos a preços desvalorizados." As ações do setor de energia acompanharam os preços do petróleo, que caía 1,5  %. BP, Royal Dutch Shell, BG Group, Tullow Oil, Repsol, StatoilHydro perderam entre 0,6 por cento e 2,8  %. Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de 1,31 por cento, a 4.134 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX recuou 1,06  %, para 4.366 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 se desvalorizou 1,19  %, para 2.962 pontos. Em Milão, o índice Mibtel perdeu 1,05  %, a 14.088 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou queda de 2,30  %, para 8.075 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve recuo de 1,23  %, para 6.374 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.