Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bolsas europeias fecham em queda por bancos e setor químico

As bolsas de valores da Europa terminaram em queda nesta quinta-feira, em sessão volátil, com as ações do setor bancário revertendo ganhos iniciais e fabricantes de produtos químicos em desvalorização.

REUTERS

27 de agosto de 2009 | 13h20

O índice FTSEurofirst 300, referência dos principais papéis europeus, recuou 0,53 por cento, para 968 pontos, após atingir 976 pontos no começo do pregão.

"Os números do PIB dos Estados Unidos não foram tão ruins quanto se esperava", disse Peter Dixon, economista do Commerzbank.

"Os mercados demonstraram muita volatilidade nos últimos dias e eu acho que oscilarão com as boas e más notícias", acrescentou Dixon.

"Os dados de auxílio-desemprego dos EUA foram um pouco piores que o previsto, mas ainda foram uma melhora frente à semana passada. Esses números são voláteis e eu não iria querer basear nenhum tipo de avaliação neles", explicou ele.

O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu para 570 mil na semana passada, ligeiramente acima dos 565 mil previstos por analistas.

Dados também apontaram que a economia norte-americana se contraiu em 1 por cento no segundo trimestre, inalterado em relação à leitura inicial. Analistas previam uma revisão para queda de 1,5 por cento.

O segmento bancário reverteu ganhos iniciais e registrou um dos piores desempenhos do mercado. Deutsche Bank, Lloyds Banking Group e Credit Suisse declinaram entre 0,8 e 3 por cento.

Papéis do setor químico também tiveram oscilação negativa. A farmacêutica alemã Bayer afundou 4,2 por cento após traders citarem preocupações de que a Boehringer Ingelheim possa apresentar fortes dados sobre seu medicamento anticoagulação, concorrente do Xarelto, da Bayer.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,43 por cento, a 4.869 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,94 por cento, para 5.470 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,54 por cento, para 3.648 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib cedeu 0,35 por cento, para 22.474 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 perdeu 0,17 por cento, para 11.356 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 registrou queda de 0,78 por cento, a 7.827 pontos.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.