seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Bolsas européias recuam com temor de desaceleração econômica

O principal índice de ações européiascaiu pela terceira sessão seguida nesta segunda-feira, à medidaque o temor de desaceleração econômica abalou mineradoras, comoa Anglo American, e que a preocupação com o impacto do apertodo crédito atingiu papéis do setor financeiro. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais açõesdas empresas européias, caiu 1,29 por cento, para 1.543 pontos.É o nível mais baixo desde o fechamento de 26 de setembro. "O mercado está em uma fase de correção e isso podecontinuar ao longo da semana", disse o Commerzbank emrelatório. "Os investidores estão com o foco mais uma vez em fatosconcretos, como os resultados trimestrais das companhias e suasperspectivas", afirmou o Commerzbank, acrescentando que, nosEstados Unidos, a temporada de divulgação de resultadoscorporativos deu poucos motivos para comemoração, e que, naEuropa, eles têm sido divergentes. As empresas da área de recursos básicos na Europa, queincluem as companhias mineradoras, tiveram a pior performancesetorial desta segunda-feira, com a baixa do cobre e do ouro. A Anglo American caiu 4,8 por cento, a BHP Billiton recuou3,9 por cento e a Rio Tinto teve baixa de 3,7 por cento. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de1,05 por cento, a 6.459 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX retrocedeu 1,13 por cento, para7.794 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 1,38 por cento, para 5.661pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 1,63 porcento, a 30.651 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 1,3por cento, para 15.327 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve baixa de 0,97 por cento,para 12.623 pontos.

PETER STARCK, REUTERS

22 de outubro de 2007 | 15h40

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHAATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.