finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas européias registram fortes perdas por crédito

As bolsas de valores da Europa exibiamfortes quedas nesta quinta-feira, atingindo menor nível emcinco meses por pressão provocada por agravamento das tensõesdo mercado de crédito imobiliário de risco dos Estados Unidos. Às 9h (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 caía3,07 por cento, a 1.445 pontos. O indicador perdeu 11,5 porcento no mês passado, atingido por preocupações de que osproblemas de crédito imobiliário dos EUA possam se espalharpara os mercados financeiros globais. As mineradoras estavam entre as maiores baixas da sessão,com BHP Billiton despencando 5,64 por cento, enquanto Xstrataregistrava fortes desvalorização de 5,59 por cento. Os bancos também eram pressionados pelo mau humor dosinvestidores. BNP Paribas perdia 3,76 por cento, HSBC 2,09 porcento e ABN Amro recuava 3,07 por cento. "Enquanto não tivermos um relatório completo de perdas, assuspeitas sobre diferentes participantes dos mercadosfinanceiros continuam crescendo", disse um estrategista emParis. "Não sabemos onde estão os estragos e os investidores estãoem pânico. O mercado precisa saber quem foi atingido e qual otamanho das perdas." Os mercados europeus acompanham fortes perdas sofridaspelas bolsas da Ásia e Pacífico nesta quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.