Bolsas europeias sobem, mas Londres é exceção

Investidores aguardam ainda a divulgação de dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no quarto trimestre do ano passado

Danielle Chaves, da Agência Estado,

28 de janeiro de 2011 | 10h23

As bolsas europeias registram ganhos nesta sexta-feira, com exceção da Bolsa de Londres, que recua. As ações foram pressionadas no começo do dia pelo tom negativo que predominou no pregão asiático, em razão do rebaixamento do rating (classificação de risco) do Japão pela Standard & Poor''s (S&P). Os investidores aguardam ainda a divulgação de dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no quarto trimestre do ano passado.

Além do rebaixamento do Japão, ontem a Moody''s manteve o rating AAA dos EUA com perspectiva estável, mas alertou que há cada vez mais ameaças à perspectiva de manutenção dessa avaliação. As notícias fizeram com que a maior parte das bolsas europeias abrisse a sessão de hoje em queda.

O clima de cautela é reforçado pela expectativa com os números sobre o PIB dos EUA, que deverão ser divulgados às 11h30 (horário de Brasília). As estimativas são de expansão de 3,5% na economia norte-americana no quarto trimestre, em comparação com o terceiro trimestre.

Às 10h38 (horário de Brasília), a Bolsa de Paris avançava 0,10%, a Bolsa de Frankfurt subiu 0,10% e a Bolsa de Madri registrava alta de 0,49%. A Bolsa de Londres, porém, seguia em queda, de 1,14%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.