Bolsas voltam a cair na Ásia e abrem em baixa na Europa

Mercados estão de olho em discurso do Estado da União de Bush e reunião do Fed.

Marina Wentzel, BBC

28 de janeiro de 2008 | 10h24

Os mercados da Ásia voltaram a registrar quedas expressivas nesta segunda-feira em meio à expectativa sobre novos prognósticos dos rumos da economia dos Estados Unidos.Ainda nesta segunda, o presidente americano George W. Bush fará o seu último discurso anual do Estado da União e investidores estão ansiosos para saber se o governo admitirá que a economia americana poderá sofrer retração em 2008.Além disso, começa nesta terça-feira um encontro do Federal Reserve (Fed, banco central americano) que deverá durar dois dias e poderá resultar em novo corte na taxa de juros.Na terça-feira passada, o Fed reduziu a taxa de juros de 4,25% para 3,5%, um corte emergencial de 0,75 ponto percentual devido à forte queda nas bolsas do mundo todo. Risco de recessãoEm Tóquio, o índice Nikkei fechou o pregão em queda de 3,9%, depois que o banco Goldman Sachs afirmou, em relatório, que acredita que a economia japonesa já sofre risco de recessão."Com a contínua estagnação na tendência de consumo e a crescente ameaça às exportações japonesas devido a uma economia global desacelerada, nossos economistas agora prevêem que a probabilidade de o Japão entrar em recessão aumentou para 50%", diz o documento.Por cotar ações de empresas que exportam para os Estados Unidos e operar em uma moeda que é atrelada ao dólar, a bolsa de Hong Kong também teve forte queda. O índice Hang Seng fechou em baixa de 4,25%.Na China, o SSE Composite de Xangai também teve perdas acentuadas, fechando em baixa de 7,1%.O Kospi da Coréia do Sul fechou em baixa de 3,8%. A bolsa de Jacarta, na Indonésia, registrou queda de 1,75%. Cingapura e Taiwan são outras bolsas da região que também terminaram a segunda-feira com resultados negativos. O Straits Times ficou em menos 3,9% e o Taiwan Weighted 3,2%Às 14h30 do horário local (7h de Brasília), o índice Sensex de Bombaim na Índia operava em baixa de 2,4%.A tendência de queda foi acompanhada pelas bolsas européias que começaram a semana em baixa.Às 9h30 de Londres (7h30 de Brasília), o índice FTSE da Bolsa de Londres, registrava baixa de 1,12%, a bolsa de Frankfurt acumulava perdas de 1,11% e a de Paris operava em baixa de 1,46%.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.