Andre Dusek/Etadão
Andre Dusek/Etadão

Bolsonaro diz que expectativa com votação da Previdência no Senado 'é a melhor possível'

Presidente disse que Estados e municípios só entrarão na reforma por meio de outra emenda à Constituição: 'Não pode complicar mais a PEC que está aí'

Eduardo Rodrigues e Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2019 | 12h46

BRASÍLIA - Após a aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara dos Deputados na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro avaliou nesta terça-feira, 16, que a expectativa para a votação do texto no Senado "é a melhor possível".

"A expectativa é a melhor possível. Eu não posso forçar a barra. Falei com o (presidente do Senado, DaviAlcolumbre e tenho certeza de que ele vai conduzir a reforma a contento", afirmou, ao deixar o Palácio do Alvorada.

Bolsonaro confirmou que Estados e municípios só entrarão na reforma se isso ocorrer em outra emenda à Constituição. "Pelo que eu estou vendo, caso essa possibilidade seja aventada, será em uma PEC paralela. Porque não pode complicar mais a PEC que está aí", completou.

Sem entrar em detalhes, Bolsonaro avaliou que vários indicadores estariam mostrando melhora da economia. "A maior prova de que eu acredito na equipe econômica é não interferir. A economia está indo muito bem, os dados de ontem mostram perspectiva de ascendência dos dados da economia. Isso é um sinal de que estamos transmitindo confiança não dentro, como também para fora do Brasil", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.