Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Bolsonaro diz que governo poderá negociar venda da Embraer com outra empresa

Boeing anunciou no sábado que desistiu da compra da divisão de aviação comercial da brasileira

Marlla Sabino, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2020 | 11h15

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 27, que o governo pode negociar a venda da Embraer para outra empresa, depois que a americana Boeing anunciou no fim de semana que desistiu da compra da divisão de aviação comercial da brasileira.

Bolsonaro destacou que a decisão cabe a ele, já que o governo federal tem a chamada golden share, que dá ao governo poder de veto em decisões estratégicas na empresa.

"Estamos avaliando, tenho o golden share, é minha, eu assino, tá? Se o negócio realmente for desfeito, talvez recomece uma nova negociação com outra empresa", disse ao sair do Palácio da Alvorada ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

No sábado, 25, a Boeing anunciou que encerrou as negociações para comprar a divisão de aviação comercial da Embraer. As empresas haviam anunciado o acordo de US$ 4,2 bilhões em julho de 2018 e o fim das conversas deixa a empresa brasileira em situação delicada. A desistência acontecem em meio à paralisação do setor aéreo em decorrência da pandemia da covid-19.

A fabricante brasileira de aeronaves fez uma teleconferência com investidores nesta segunda e anunciou, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que deu início aos procedimentos arbitrais sobre a queda do acordo.

Caso decidam judicializar o fim da negociação, o litígio entre as empresas terá como palco a Justiça dos Estados Unidos, no distrito sul de Nova York, conforme as partes definiram no memorando de entendimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.