Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Bolsonaro promete recriar Ministério da Indústria e Comércio ainda em 2022

O anúncio foi feito em evento da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). O presidente da entidade, Flávio Roscoe, disse ter pedido a recriação da pasta a Bolsonaro

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2022 | 00h11

BRASÍLIA -  O presidente Jair Bolsonaro prometeu nesta quinta-feira, 26, a recriação do Ministério da Indústria e Comércio ainda em 2022.

O anúncio foi feito em evento da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). O presidente da entidade, Flávio Roscoe, disse ter pedido a recriação da pasta a Bolsonaro. 

“Nos bastidores, eu fiz uma demanda para o presidente apoiado pela bancada federal e falei ‘presidente, não é possível mais a indústria  não ter o seu ministério’”, afirmou o dirigente.

Em resposta, Bolsonaro foi ao microfone tomou a palavra inesperadamente. “A toda a bancada de Minas Gerais, ao nosso presidente: foi uma solicitação que confesso, já estava um pouco madura, mas agora selou o seu final. Uma vez havendo outra oportunidade, ainda no corrente ano, vai estar nas mãos do (presidente da Câmara, Arthur) Lira a recriação do Ministério da Indústria e Comércio”, disse o presidente, arrancando aplausos dos empresários presentes.

Criação ou extinção de ministérios precisam do aval do Congresso Nacional. Na prática, a recriação do Ministério da Indústria e Comércio é uma derrota para o ministro da Economia, Paulo Guedes, que teve as atividades da pasta incorporadas ao seu “superministério” no primeiro dia de governo Bolsonaro, em janeiro de 2019.

No ano passado, Bolsonaro recriou o Ministério do Trabalho, que também tinha sido incorporado pela Economia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.