Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

ESG

Coluna Fernanda Camargo: É necessário abrir mão do retorno para fazer investimentos de impacto?

Bolsonaro se reúne com bancada evangélica para falar de tributação das igrejas

Isentas de todos os tributos pela Constituição, as igrejas tentam agora ampliar o prazo para prestar esclarecimentos ao Fisco

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2019 | 14h07

BRASÍLIA - Integrantes da bancada evangélica se reúnem com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) na tarde desta terça-feira, 14, para tratar da tributação das igrejas. A informação foi confirmada pelo deputado Marco Feliciano (Pode-SP), que participará do encontro com o também deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ). 

No fim do mês passado, Feliciano gravou um vídeo com Bolsonaro para desmentir a declaração do secretário especial da Receita, Marcos Cintra, de que um novo tributo federal seria cobrado de igrejas evangélicas. A informação gerou indignação na bancada, considerada importante para garantir apoio à reforma da Previdência no Congresso

Após a polêmica, a frente religiosa também passou a cobrar mudanças no prazo para declaração de receitas e despesas de igrejas à Receita Federal, que ocorre atualmente a cada três meses. Isentas de todos os tributos pela Constituição, as igrejas tentam agora ampliar o prazo para prestar esclarecimentos ao Fisco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.