Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

ESG

Coluna Fernanda Camargo: É necessário abrir mão do retorno para fazer investimentos de impacto?

Bolsonaro sobre o preço da carne: 'daqui a um tempo, acho que vai diminuir'

A carne bovina sofreu forte reajuste nas últimas semanas, chegando ao segundo preço mais alto desde o Plano Real

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2019 | 17h34

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro afirmou acreditar que o preço da carne vai diminuir "daqui a um tempo". A declaração foi dada enquanto falava com turistas na entrada do Palácio da Alvorada, neste sábado, 30.

Um dos turistas, que se identificou como pecuarista, agradeceu a Bolsonaro pelo preço da arroba do boi e afirmou que isso iria entrar para a história. A carne bovina sofreu forte reajuste nas últimas semanas, chegando ao segundo preço mais alto desde o Plano Real.

"Mas a carne, aqui, internamente, daqui a um tempo acho que vai diminuir o preço", ponderou Bolsonaro ao pecuarista. "É a lei da oferta e da procura", afirmou na sequência aos turistas. Ele citou que, ao abater matrizes de gado, a tendência era faltar carne e o preço aumentar. "Tivemos uma pequena crise agora no preço da carne, mas vai melhorar."

Na última quinta-feira, 28, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou ao Estado que o preço da arroba do boi gordo, que em São Paulo teve aumento real de 35% em um mês, não vai mais retornar ao patamar anterior.

Neste sábado, 30, Bolsonaro falou aos turistas que não pode tabelar o preço do produto. "Eu não posso tabelar e inventar. Não vai dar certo."

Tudo o que sabemos sobre:
Jair Bolsonarocarne

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.