Bom motorista é premiado na carteira

Quem não tiver cometido nenhuma infração de trânsito por três anos consecutivos poderá pedir a nova carteira de motorista com tarja dourada, a ser lançada a partir de janeiro. A contagem do prazo vale desde 22 de janeiro de 1998, quando o Código de Trânsito Brasileiro começou a vigorar. A carteira especial, no entanto, será imediatamente cassada se a pessoa receber qualquer multa. O portador da carteira com tarja dourada deverá ser beneficiado com vantagens no pagamento de taxas no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e descontos na contratação de um seguro. Além disso, o governo também pretende encaminhar projeto de lei ao Congresso, ampliando de cinco para seis anos o período para o motorista premiado renovar a habilitação. O diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Délio Cardoso, reuniu-se semana passada com representantes da Federação Nacional de Empresas de Seguro para acertar o desconto nos seguros para os motoristas privilegiados. Cardoso também irá orientar os Detrans a concederem descontos de taxas, como as cobradas na renovação de carteiras.Estima-se que 70% dos motoristas brasileiros sejam beneficiados. O próprio motorista deverá solicitar ao Detran a nova carteira, se tiver a ficha limpa por três anos consecutivos. No futuro, o governo espera que essa medida sirva até mesmo para orientar contratação de motoristas profissionais.A nova carteira já foi aprovada em reunião do comitê executivo do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mas ainda precisa ser homologada pelo próprio conselho para entrar em vigor. O Contran tem reunião prevista para deliberar sobre o assunto no início do próximo mês.RenacomAlém da carteira de tarja dourada, o governo quer colocar em funcionamento o Registro Nacional de Compensação de Multas (Renacom). Esse registro é fundamental e precisa estar em plena operação para garantir que uma infração cometida num Estado acabe sendo registrada no prontuário do motorista originário de outra localidade. Sem esse registro, um motorista multado em outro Estado poderia conseguir a carteira de tarja dourada.

Agencia Estado,

29 de dezembro de 2000 | 17h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.