Bombardier não comprará programas da Fairchild

A Bombardier Inc. concluiu a sua revisão técnica, comercial e financeira sobre os programas de aviação 728 e 928 da alemã Fairchild Dornier e decidiu não adquiri-los. Em comunicado, a Bombardier informou que a revisão "não apresentou os resultados requeridos para que esses programas atendessem aos padrões de investimento da Bombardier." A empresa não deu mais explicações. A Bombardier fabrica jatos executivos, aviões regionais, equipamentos de transporte ferroviário e produtos recreativos motorizados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.