Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bombeiros: dicas para evitar incêndios no apagão

Se a crise energética vier a causar cortes de energia, os bombeiros alertam para o risco de incêndios devido à utilização de velas. O tenente Mauro Lopes, da divisão de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros, afirma que a melhor maneira de conseguir iluminação com segurança durante o racionamento de energia é a utilização de lanternas ou qualquer outro tipo de iluminação que funcione com pilha ou bateria. Lampiões a gás são uma segunda opção e as velas devem ser evitadas pois representam maior risco.Segundo ele, no entanto, a maioria das pessoas costuma utilizar a vela para iluminar o ambiente na falta de energia. Para quem não tiver alternativa e tiver de recorrer às velas, Lopes afirma que a principal recomendação para evitar incêndios é a atenção com a superfície de apoio para a vela. "O ideal é colocá-la em um prato fundo de cerâmica, que é um material isolante. Apoiar a vela em superfícies com alto índice de combustão, como madeira e plástico, é arriscado, pois a ela pode tombar e propagar a chama", diz.Outra recomendação importante de Lopes é não colocar as velas próximas de janelas, pois o vento pode derrubá-las; nem perto de cortinas, sofás e camas porque, ao entrar em contato com esses móveis, a propagação da chama se dá com rapidez e facilidade. "As pessoas também costumam colocar velas em cima da geladeira, da TV, de aparelhos de som sem se dar conta de que esses aparelhos são altamente inflamáveis. Mesmo sobre uma superfície isolante, isso é arriscado", alerta.Evite curtos-circuitosA sobrecarga de energia causada pela retomada no fornecimento de energia elétrica pode causar curtos-circuitos em aparelhos eletroeletrônicos. Para evitar este tipo de problema, que segundo técnicos da Eletropaulo tem 60% de chances de ocorrer, a recomendação é desligar os disjuntores secundários da casa assim que ocorrer o apagão. Os técnicos da Eletropaulo recomendam também cautela ao religar os disjuntores. O ideal é dar um intervalo de alguns minutos entre cada um deles.Como medida de segurança, além das precauções com o uso de velas e lampiões, fazer um seguro residencial pode ser uma boa opção. Veja detalhes de cobertura e preços no link abaixo.

Agencia Estado,

23 de maio de 2001 | 10h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.