finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bônus para produtores rurais é regulamentado

O Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou ontem a concessão de bônus e a prorrogação das dívidas de investimento dos produtores rurais que vencem neste ano. O benefício havia sido anunciado pelo ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, em julho e, desde então, a área econômica estudava a criação de um instrumento legal para a concessão do desconto.As dívidas de investimento que vencem este ano somamde R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões, mas o secretário-adjunto de Política Agrícola da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, avalia que um montante inferior a esse será prorrogado.Ele explicou que o desconto depende do programa de investimento, da taxa de juros no momento da contratação do crédito e do tipo de atividade do produtor. Cafeicultores e produtores de cana, por exemplo, terão direito a desconto de 10% na parcela da dívida que vence neste ano, mas não serão beneficiados por prorrogações. O cenário para a venda desses produtos favorece o pagamento dos débitos, avalia o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.