Boston lançará novos fundos derivativos em janeiro

O BankBoston vai lançar em janeiro dois novos fundos derivativos - o Fundo Boston Multi Manager e o Fundo Boston Manager Plus. A carteira de cada um constituirá um Fundo de Aplicação em Cotas (FAC), que distribuirá igualmente os recursos em quatro Fundos de Investimento Financeiro (FIFs) exclusivos e com gestão terceirizada. O Fundo Boston Multi Manager terá perfil moderado e mínimo de aplicação de R$ 30 mil. Já o Boston Multi Manager Plus tem perfil agressivo e mínimo de aplicação de R$ 50 mil. Ambos permitem alavancagem - operação que pode ampliar o ganho, mas também aumenta o risco do investimento, já que a operação pode comprometer parte do patrimônio ou até mesmo várias vezes o valor do patrimônio (veja mais informações no link abaixo). O diretor do Investment Center do BankBoston, Maurício D´Amico, informou que a instituição ainda está definindo o limite de alavancagem dos fundos, a taxa de administração e a taxa de performance das carteiras. No caso das taxas, ele acredita que devem ficar muito próximas às taxas cobradas pelos fundos de derivativos da BankBoston Asset Management - taxa de administração de 2% sobre o patrimônio do fundo e 20% a 25% como taxa de performance sobre o rendimento acima do Certificado de Depósito Interbancário (CDI) com linha d´água, ou seja, com compensação nos meses em que o rendimento ficar abaixo do CDI. Segundo D´Amico, a vantagem destes fundos para o cliente é a redução do risco da carteira, já que a gestão será dividida entre quatro instituições, mas terá como base uma política de administração definida pelo BankBoston. "Isso significa haverá diversificação na gestão dentro de limites muito definidos pelo banco", afirma. Os gestores escolhidos são Hedging Griffo, Bank of America, Pactual e BNP Paribas.

Agencia Estado,

11 Dezembro 2001 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.