portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

Bovespa abre em baixa com dados fracos da China e Copom

Mercado já esperava queda de 1,5 ponto porcentual da taxa Selic; Ibovespa recuava 0,62% às 11h19

Sueli Campo, da Agência Estado,

12 de março de 2009 | 11h24

Dados econômicos mais fracos na China e a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) em linha com o esperado pelo mercado devem puxar um movimento de realização de lucros na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Em relação ao Copom, embora a magnitude da queda esteja fora do padrão do BC, o mercado já vinha precificando um corte da Selic de 1,5 ponto porcentual, para 11,25% ao ano. Às 11h19, o Ibovespa - principal índice da bolsa paulista - recuava 0,62%, aos 38.565 pontos.  Veja também:Selic tem maior corte desde 2003 e cai para 11,25% Taxa básica de juros da economia brasileira ainda é a mais alta do mundo em termos reais  De olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  Nos EUA, os índices futuros de ações ensaiam alta, após o dado de vendas no varejo em fevereiro ter vindo melhor do que as estimativas. As vendas cederam 0,1% no mês passado ante previsão de queda de 0,4%. O Nasdaq futuro recuava 0,29% e o S&P 500 avançava 0,06%. Na Europa, a queda das bolsas supera 1%. A produção na Alemanha desabou 7,5% em janeiro ante dezembro, a maior queda da atividade desde a reunificação das Alemanhas em 1990, o quereforça entre os investidores a percepção de agravamento da contração da economia. Na China, a produção industrial também frustrou os investidores. Embora tenha crescido 3,8% no primeiro bimestre do ano, ante mesmo intervalo de 2008, abaixo do crescimento de 6,1% esperadopor seis economistas ouvidos pela agência Dow Jones.  Os preços dos metais básicos em Londres são negociados em baixa, pressionados ainda pelos números fracos sobre o comércio na China divulgados ontem (queda de 25,7% nas exportações emfevereiro na comparação com igual mês do ano passado e de 24,1% nas importações). As ações da mineradoras na Europa registram perdas entre 3% e 5%, o que prenuncia uma abertura negativa paraos papéis da Vale. No caso de Petrobras, a alta do petróleo de pouco mais de 3% na Nymex eletrônica associada à notícia de que a estatal está de fechar parceria de longo prazo com o grupo japonês Marubeni para a construção de uma refinaria "premium" no Maranhão, projeto estimado em US$ 20 bilhões, devem estimular compras das ações.  Segundo informou o jornal Valor, o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão disse que "a Petrobras terá dispêndio zero" nesse projeto. Ele prevê o início das obras até dezembro. Os japoneses se dispõem a bancar todo o investimento, sem a necessidade de desembolsos por parte da estatal brasileira, que pagaria com o fornecimento dos derivados de petróleo produzidos na refinaria. Hoje, após o fechamento, saem balanços importantes de empresas nacionais, como Cosan, a maior companhia do setor sucroalcooleiro do País, que divulga o resultado do 3º trimestre fiscal (encerrado em 31/1), B2W (americanas.com e submarino) e Lojas Americanas.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaCopom

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.