Bovespa abre em queda; volatilidade deve marcar o dia

Esta sexta-feira deve ser de volatilidade na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) por conta do vencimento de opções sobre ações na segunda-feira. Os rumores e notícias envolvendo o ministro Antonio Palocci devem esquentar ainda mais hoje a disputa em torno desse movimento técnico. Às 11h10, o principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa, caía 0,30%, a 38.044 pontos.O mercado já teria embutido no preço das ações uma possível saída do ministro Palocci e a avaliação geral é de que se essa expectativa for confirmada pode haver um estresse momentâneo, mas controlável.Os investidores estão confiantes de que não haverá mudanças na condução da política econômica. Nesta sexta, nas mesas de negócios, muitos analistas já consideravam o ministro "carta fora do baralho". "Na atual circunstância é até melhor que ele saia logo para acabar com esse zunzunzum", pondera um analista. Os dados nos Estados Unidos que serão divulgados pela manhã, produção industrial e sentimento do consumidor da Universidade de Michigan, só deverão ter impacto na Bovespa se forem surpreendentes. Os investidores norte-americanos ainda estão sob o efeito o índice de preços ao consumidor benigno de ontem, que mostrou a inflação sob controle.A expectativa é de que os investidores estrangeiros se mantenham fora dos negócios na bolsa paulista nessa véspera de vencimento, que sempre provoca distorções nos preços dos papéis, o que recomenda cautela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.