Bovespa cai 0,7%, mesmo com disparada de Petrobras

A Bolsa de Valores de São Paulo(Bovespa) encerrou o pregão desta segunda-feira em queda, emmeio à expectativa de alta do juro doméstico nesta semana e àinfluência negativa das bolsas norte-americanas. Nem mesmo a disparada das ações da Petrobras impediu oIbovespa de fechar em queda de 0,69 por cento, aos 62.153pontos, segundo dados preliminares. O giro financeiro foi de5,8 bilhões de reais. Segundo operadores, a afirmação feita pelo diretor-geral daAgência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, de que aPetrobras teria uma nova reserva gigantesca de petróleo, levouinvestidores a comprarem as ações da companhia, desfazendo-sede papéis de outras empresas com menor liquidez. As ações preferenciais da Petrobras subiram 5,6 por cento,a 82,97 reais. (Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Vanessa Stelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.