Bovespa cai 0,93% influenciada por Petrobrás e Vale

Preços das commodities caíram e afetaram os papéis de Vale e Petrobrás

Claudia Violante, Agência Estado

10 de novembro de 2014 | 17h13

A Bovespa abriu em alta, acompanhando o exterior, mas não deu continuidade ao movimento durante a sessão. À tarde, se firmou em baixa, pressionada principalmente pelas ações de Vale e Petrobrás. E nos ajustes ainda renovou as mínimas, com ao redor de 1% de perdas. O giro mais fraco acabou amplificando as ordens de vendas neste início de semana.

O Ibovespa terminou a sessão em queda de 0,93%, aos 52.725 pontos. Na mínima, registrou queda de 0,95% e, na máxima alta de 1,14%. No mês, acumula perda de 3,48% e, no ano, ganho de 2,37%.

Amanhã é feriado do Dia do Veterano nos EUA e isso deve enxugar a liquidez dos mercados. Aqui, ainda, o investidor já está na defensiva na ausência de novidades do Planalto, sem nenhum sinal de um novo ministro para a vaga de Guido Mantega.

Os dados chineses divulgados no final de semana deram justificativa para as compras, mais cedo, e para as vendas, na releitura. Sobretudo os números da balança, que mostraram importações menores do que as previsões. De cara, os especialistas avaliaram que Pequim anunciaria mais estímulos. Mas, depois, ponderaram que isso é ruim para a venda de commodities, os preços desses produtos caíram e afetaram os papéis de empresas como Vale e Petrobrás.

Vale fechou em baixa de 3% na ON e de 2,51% na PNA. Petrobrás ON recuou 2,61% e a PN, 2,03%. A estatal foi prejudicada também pela reportagem do jornal britânico Financial Times do final de semana, que informava sobre duas investigações em andamento sobre a Petrobrás: uma criminal, na Justiça dos EUA, e outra civil, na Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários norte-americana). A informação desencadeou temores de que a negociação dos ADRs da companhia em Nova York possa ser suspensa. A empresa divulga balanço na próxima sexta-feira.

No exterior, as bolsas europeias terminaram em alta e as norte-americanas se encaminhavam para o mesmo fim, apesar de terem perdido fôlego agora à tarde. Às 17h15, o Dow Jones subia 0,12%, o S&P tinha ganho de 0,20%, e o Nasdaq avançava 0,26%.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaBolsaMercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.