Bovespa cai 10% em junho e mercado vê 2o semestre melhor

A Bolsa de Valores de São Pauloencerrou a primeira metade do ano com uma sessão de alta, o queajudou a aliviar timidamente os estragos de junho, em meio aorecrudescimento dos temores com a economia mundial. Ao subir 1,08 por cento, o Ibovespa chegou aos 65.017pontos. O movimento foi insuficiente, no entanto, para impediruma queda de 10,4 por cento no mês, a maior baixa desde abrilde 2004. O giro financeiro do pregão foi de 4,7 bilhões, osegundo menor em junho. O refresco na tempestade de notícias que avivaram temoresde piora da crise bancária e de estagflação nos Estados Unidos,pontuada pela escalada do petróleo, aliviou o apetite porvendas de ações. Poucos investidores se aventuraram a ir para a pontacontrária, exceto os gestores de carteiras, para garantir umdesempenho menos ruim do Ibovespa, referencial de muitos fundosde investimentos. "Houve perdas muito severas das ações, o que fez algunsinvestidores verem o momento como uma oportunidade", disseValmir Celestino, gestor de renda variável do Banco Safra. Ações ligadas a commodities garantiram a performancepositiva da bolsa paulista. As ações preferenciais da GerdauMetalúrgica avançaram 5,1 por cento, para 52,00, as melhores doIbovespa. As preferenciais da Petrobras subiram 2 por cento, para46,21 reais. As preferenciais da Vale tiveram ganho de 1,36 porcento, valendo 47,70 reais. Segundo Celestino, é com base na expectativa de manutençãodos preços de commodities (especialmente petróleo e metais) queos analistas preveêm uma performance mais animadora na etapacomplementar de 2008. Apesar do mês fraco, o Ibovespa ainda conseguiu garantirvalorização de 1,8 por cento, bem melhor do que o índice DowJones da Bolsa de Nova York, que teve o pior primeiro semestredesde 1970. "As projeções também apontam para resultados muitopositivos das empresas brasileiras no segundo trimestre, o quepode dar algum fôlego às ações", diz Celestino. (Edição de Vanessa Stelzer)

ALUÍSIO ALVES, REUTERS

30 de junho de 2008 | 17h58

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAFINAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.