Bovespa dobra capacidade e sai em busca de empresas n A.Latina

A Bovespa Holding conclui esta semanaa ampliação de sua capacidade tecnológica para suportar o dobrode volume de negócios. "Foram 20 milhões de reais que vão permitir suportar até770 mil negócios por dia", afirmou a jornalistas odiretor-geral da Bovespa, Gilberto Mifano. Em dezembro de 2007,sua estrutura tecnológica permitia até 300 mil transaçõesdiárias. Segundo Mifano, apesar da turbulência recente nos mercadosinternacionais, que interrompeu o ciclo de aberturas de capitalna bolsa paulista, a expectativa é de que o volume de negóciossiga crescendo no mercado acionário doméstico. Em fevereiro, a média financeira diária de negócios foi de6,1 bilhões de reais, 50 por cento a mais do que no mesmo mêsde 2007. Mifano anunciou também o lançamento, ainda no primeirosemestre de 2008, de um projeto para convencer empresas de todaa América Latina a listar ações na bolsa paulista. "Por enquanto, temos visto isso acontecer de forma passiva.Agora estamos preparando uma nova abordagem", afirmou. No ano passado, o Banco Patagônia puxou a fila decompanhias argentinas rumo à Bovespa. Além dele, estão emanálise na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) os pedidos deregistro de oferta pública inicial de ações (IPO) daPetroquímica Comodoro Rivadávia e da unidade argentina daSolvay. "Estamos aguardando autorização da CVM e logo vamos fazerum trabalho em parceria com bolsas de valores de países daregião", acrescentou. (Por Aluísio Alves)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.