Bolsa

E-Investidor: As 10 ações com maior potencial de queda, na visão do mercado

Bovespa envia propostas para fortalecer mercado

Na semana passada, representantes da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encaminharam ao Congresso uma nova rodada de propostas para tentar fortalecer o mercado de capitais. Algumas sugestões são novas, outras nem tanto. Mas, mesmo que aprovadas, as propostas são consideradas pelos analistas insuficientes para reativar o mercado de ações. Entre as propostas já conhecidas, incluem-se a extinção da cobrança de Cobrança Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) sobre os negócios com ações, já acenada também pelo governo, mas ainda sem definição. Além disso, foi solicitada a manutenção da alíquota de 10% para o pagamento na fonte do Imposto de Renda (IR) sobre ganhos de capital, pois no próximo ano a alíquota sobe para 20%, igualando-se à tributação adotada nas aplicações de renda fixa.Estão entre as propostas ainda a isenção de IR para pessoas físicas sobre ganhos de capital de até R$ 2 mil por mês; a isenção de IR sobre ganhos de capital também para a pessoa física que adquirir ações e permanecer com elas mais de 12 meses; e a oferta de ações de empresas como Banco do Brasil, Vale do Rio Doce e das do setor elétrico dando ao interessado a possibilidade de adquiri-las usando os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), como na oferta da Petrobrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.