Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bovespa fecha com valorização de 0,98%; Dólar encerra a R$ 2,124

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrou ganho de 0,98% nesta segunda-feira, fechando em 37.693 pontos, após oscilar entre a mínima de -0,11% e a máxima de +1,10%. O volume negociado totalizou R$ 1,49 bilhão. O dólar comercial recuou 0,7% e fechou valendo R$ 2,124 no mercado interbancário. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista encerrou em queda de 0,79%, a R$ 2,123, na mínima cotação do dia, repetindo o comportamento de baixa de sexta-feira, primeiro dia de setembro. O volume de negócios na Bovespa foi pequeno por causa do feriado do Dia do Trabalho nos EUA, mas o clima seguiu favorável. A perspectiva de volta do capital externo a partir de terça-feira, com o retorno dos investidores das férias de verão no Hemisfério Norte e os sinais de pouso suave da economia norte-americana estão mantendo o ânimo do mercado neste início de setembro. A melhora de humor na Bolsa também se deve à expectativa favorável em relação à ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será divulgada na sexta-feira, entre o feriado do Dia da Independência (7) e o final de semana. O mercado espera que a ata sinalize na direção de novos cortes na taxa básica de juro, que caiu para 14,25% ao ano, com o corte de 0,50 ponto porcentual definido pelo Copom na semana passada.DólarO feriado norte-americano do Dia do Trabalho diminuiu um pouco o fluxo no mercado de câmbio, mas a ausência de indicadores internos e externos deixou os investidores livres para manter a trajetória de queda do dólar.Nesta segunda, foram divulgadas a pesquisa semanal Focus e a balança comercial referente ao único dia útil de setembro, ambas sem impacto sobre os negócios. No caso da Focus, a revisão para baixo das expectativas do mercado para o PIB em 2006, por causa do fraco crescimento da economia no segundo trimestre, já estava contabilizada nos negócios. Já a balança, pelo fato de ser de apenas um dia, foi ignorada pelos investidores.Em Londres, o contrato futuro do dólar fechou em baixa de 2,08%, a US$ 67,71, favorecendo o recuo do dólar aqui no Brasil. No mercado interbancário, o dólar comercial oscilou entre a mínima de R$ 2,123 e a máxima de R$ 2,135.

Agencia Estado,

04 de setembro de 2006 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.