Bovespa fecha em alta de 0,46%, aos 67.901 pontos

Pregão espremido entre Natal e reveillon não teve grandes surpresas, segundo analistas

28 de dezembro de 2009 | 18h43

A Bolsa de Valores de São Paulo encerrou esta segunda-feira, 28, em leve alta de 0,46%, aos 67.901 pontos.

 

Em uma semana espremida entre as festividades do Natal e as comemorações da chegada de um

novo ano, "a Bovespa já está em recesso", comenta o economista-chefe da Ágora Corretora, Álvaro Bandeira. Ele avalia que os três dias úteis finais de negociação da Bolsa prometem ser mornos e "sem nenhum grande charme". "O cenário para 2009 já está dado", diz.

 

Com ganhos da ordem de 80% no acumulado do ano, a Bovespa deve reservar poucas surpresas

nesta semana, já que boa parte dos investidores encerrou as posições e só deve retornar aos

negócios no primeiro dia útil de 2010, na próxima segunda-feira (dia 4). Segundo analistas, a maior

movimentação deve ficar reservada para o último pregão de 2009, na quarta-feira (dia 30), quando

será conhecida a terceira e definitiva prévia da carteira teórica do Ibovespa, válida para janeiro a abril do ano que vem.

 

A segunda prévia, divulgada pela Bolsa no dia 16 deste mês, confirmou a presença da LLX e trouxe

como novidade a entrada das ações de outra empresa do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, a OGX. A empresa de petróleo e gás anunciou a segunda descoberta no poço OGX-3, em continuidade à descoberta comunicada em 18 de dezembro, em águas rasas da Bacia de Campos. A OGX prevê nos próximos dias iniciar um teste de formação para verificar as características dos reservatórios.

 

Detaque para a alta de 3,71% das ações da Eletrobrás, que lideraram os ganhos do dia.

 

Analistas avaliam que em Wall Street, a agenda esvaziada de indicadores econômicos nesta segunda-feira deixou os agentes divididos em renovar as marcas ou em manter o ritmo lento que dominou as bolsas em boa parte deste mês, à espera de dados de imóveis e da confiança do consumidor nos EUA que saem ainda nesta semana.

 

Vale ressaltar que a Bovespa registrou a saída de R$ 209,964 milhões em capital externo no dia 22 de dezembro. Nessa data, o Ibovespa fechou em alta de 2,26%, aos 67.417,93 pontos.

 

No mês, a Bolsa acumula um saldo positivo de R$ 292,836 milhões, resultado de compras de R$ 37,253 bilhões e vendas de R$ 36,960 bilhões. Em 2009, o superávit chega a R$ 20,377 bilhões.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.