Bovespa fecha em alta de 1,91% com ajuda de NY e de olho nas eleições

A bolsa paulista fechou no azul nesta sexta-feira, alinhada ao movimento em Wall Street, em mais uma sessão marcada por especulações sobre a eleição presidencial, no último pregão antes da votação em primeiro turno, no domingo.

REUTERS

03 de outubro de 2014 | 17h22

O setor de siderurgia foi destaque no noticiário corporativo, com os papéis da Usiminas registrando a maior alta percentual do Ibovespa, após a Ternium anunciar na véspera acordo para comprar ações ordinárias da siderúrgica brasileira, que pertencem ao fundo de pensão Previ, com um prêmio superior a 80 por cento.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa encerrou o dia em alta de 1,91 por cento, a 54.539 pontos.

O volume financeiro da sessão somou 6,89 bilhões de reais.

Na semana, também segundo informações preliminares, o índice acumulou perda de cerca de 4,7 por cento.

(Por Paula Arend Laier)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAFECHAPRELIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.